Notícias 12/11/2019 - 14:47 - Cláudio Paixão/Governo do Tocantins

Fórum Estadual de Educação participa de Seminário sobre gestão democrática da Educação e fortalecimento da atuação dos territórios

Para Alan Bitar, coordenador do Fórum Estadual de Educação (FEE-TO), os debates do seminário refletem uma das tendências da Educação: a gestão democrática da educação. Para Alan Bitar, coordenador do Fórum Estadual de Educação (FEE-TO), os debates do seminário refletem uma das tendências da Educação: a gestão democrática da educação. -

Na sessão de abertura do 4° Seminário Nacional da Rede Mapa, realizado na manhã desta terça-feira, 12, no câmpus de Palmas da Universidade Federal do Tocantins (UFT), o secretário executivo da Secretaria de Estado da Educação, Juventude e Esportes, Robson Vila Nova Lopes, destacou que a educação e seus movimentos devem se constituir de forma colaborativa. 

De acordo com Robson, a educação brasileira vive um momento de lutas e transformações, das quais todos são chamados a participar. "Precisamos pensar em um mapeamento das bases normativas da educação e que os municípios se reconheçam como sistema. O Estado e o município são entes federados plenos, mas o município só exerce sua autonomia se ele for sistema e não rede. Para isso, ele precisa ter uma lei de sistema e também os elementos que constituem um sistema”, pontuou.   

Entre os elementos que constituem o sistema educacional e que dão subsídios para os municípios se constituírem como sistema estão: o Conselho Municipal de Educação, o Fórum Municipal de Educação, entre outras instâncias e normativas que compõem um Plano Municipal de Educação. Os estados já têm seu sistema educacional organizado nesse formato.

Robson Vila Nova também destacou que o 4° Seminário Nacional da Rede Mapa, realizado em Palmas, é um marco. "Enxergo esse encontro como uma grande oportunidade para darmos visibilidade às pesquisas que estão sendo realizadas em torno do tema do Seminário. Somado a isso, temos o fato de que a própria rede define seus próximos passos a partir daqui", ressaltou. 

O Seminário Nacional da Rede Mapa é um espaço de socialização de resultados de pesquisas, estudos, análises e debates a respeito da educação básica pública de responsabilidade da esfera municipal, especialmente no tocante a desafios, possibilidades e inovações expressos em termos de condições normativas e político-institucionais para a democratização da gestão educacional. Em sua quarta edição, o evento traz como tema Democratizar a Gestão da Educação: (pro)posições político-institucionais em municípios brasileiros.

Desafios

Coordenadora do evento, a professora Rosilene Lagares destacou que o seminário faz frente à necessidade de se debater a democratização da educação, que tem se apresentado como um desafio. "Nós temos todas as bases legais para uma educação democrática, porém estamos em um cenário de desafios para que a educação assim seja, na sua prática, no seu modo de gestão", ressaltou. 

O coordenador nacional da Rede Mapa, Elton Nardi, fez um balanço da atuação do grupo. "A rede se instala em 2014. Estamos completando cinco anos de trabalho e, nesse tempo, a nossa grande conquista tem sido nos constituir como um espaço de formação, de debates e trocas de informações. E agora estamos traçando novos planos para continuarmos essa caminhada de pesquisa pautada na gestão democrática da educação", ressaltou.

Para Alan Bitar, coordenador do Fórum Estadual de Educação (FEE-TO), os debates do seminário refletem uma das tendências da Educação. "Procuramos estar cada vez mais presentes nos eventos ligados à Educação. Sinto-me honrado e grato em participar de momentos como esse, em que estamos pensando a educação e colocando um tema que tem cada dia ganhado mais atenção, a gestão democrática da educação". 

Atividades 

Ainda na manhã desta terça-feira, Robson Vila Nova Lopes participou da conferência de abertura do seminário, que tratou o seguinte tema Estado, democracia e participação, com a condução do professor doutor Erasto Fortes Mendonça (UnB). O 4° Seminário Nacional da Rede Mapa segue até esta quarta-feira, 13, quando serão apresentados trabalhos em forma de painéis de comunicação, incluindo trabalhos de professores da rede estadual de ensino.